segunda-feira, 25 de maio de 2009

Somos efetivamente erários da força?



Pergunto se somos a energia que flui da comunicação. Sentamos e escrevemos ao vivo, sem copy/paste, criando baseado em nossas interações online. Alguns por terem tempo outros por não terem, sim, porque a internet poupa o tempo real e acelera os processos sociais digamos, virtualmente. Importante é que o resultado se apresenta no tempo real, ou seja, a campainha toca e o rapaz entrega o que pesquisamos, encomendamos e mandamos entregar em casa. Sem tirar a bunda da cadeira. O expediente da web acelera o processo de comunicação, o comercial, o intelectual, médico, politico, social, cientifico etc etc.
.
Muita gente simplesmente não curte. Aber warte mal! O futuro promete pessoas com mais afinidade com os computadores. Em 2010 ja haverá uma geração de adultos que cresceu com a Web. Ha 20 anos temos esta invenção, ha 10 temos uma internet decente, cada vez é mais facil lidar com esta maquina que fica cada vez mais poderosa. Lembra aqueles floppy disks azuis de 1.4 Mb DD? Vinha em caixinha de dez... Pois bem, um memory stick de 20Gb é muito comum hoje, compra-se por 50 merreis até no jornaleiro. Pois depois de 20 anos enfiamos 14.285 floppys disks num stick destes que é do tamanho de um chiclete.
.
Falo de Zurique pra São Paulo num chat ao vivo com imagem em tempo real, gratis! Se trabalho prum sujeito em singapura que nunca vi, mando os PDFs, ele manda a grana por wiretranfer.
Pergunto se nós que usamos a internet temos força, se podemos fazer a diferença, criar uma ética mais digna ao nosso status de pensantes, ou se tudo é ainda bobagem. Recebi um mail sobre um deputado que matou dois garotos e esta impune, exercendo cargo publico e tal. Repugnante, todavia gostaria de ver se tal procedimento tem força de agitar alguma coisa no sentido de evitar que isto torne a acontecer inserindo a historia na jurisprudencia vingente. Segue aqui o que aconteceu ha 20 dias atras:
.
Prisão perpétua
RUY CASTRO
.
RIO DE JANEIRO - Na madrugada do dia 7, em Curitiba, o deputado estadual Francisco Carli Filho, 26, literalmente decolou com seu carro, um Passat preto, e passou como uma navalha sobre um Honda Fit prata, matando os dois ocupantes deste, de 20 e 26 anos. O choque atirou os carros na outra pista. Um dos rapazes foi decapitado.
.
Uma testemunha declarou que o Passat vinha em alta velocidade, a ponto de levantar voo ao atravessar um desnível. Os bombeiros encontraram o velocímetro congelado em 190 km/h. Nove deles disseram que, ao ser socorrido, o deputado estava "visivelmente alcoolizado". Apesar disso, a polícia de Curitiba levou uma semana para pedir amostras de sangue do deputado. O deputado tinha 30 multas de trânsito, das quais 23 por excesso de velocidade, e 130 pontos na carteira -o máximo permitido é 20 pontos por ano. E stava com a habilitação suspensa desde julho de 2007, mas continuava dirigindo.
.
Nos primeiros dias, o noticiário privilegiou a informação de que o deputado saíra gravemente ferido do acidente e só se referia de passagem à morte dos dois rapazes. Seus assessores levantaram "suspeitas" de que tivesse havido um pega entre os carros ou que a culpa pelo acidente pudesse ser do Honda -tramoia desmentida pela testemunha. O deputado pertence a uma influente família de políticos paranaenses, com poderes sobre alguns meios de comunicação.
.
Nos EUA, a punição para esse tipo de acidente, mesmo sem tantos agravantes, pode levar à prisão perpétua. No Brasil, o deputado, se se recuperar do choque, logo estará de novo ao volante e à sua cadeira na Assembleia local. Condenados à prisão perpétua estão os pais dos rapazes mortos -a mãe de um deles, ao ser chamada após a tragédia, recebeu a cabeça de seu filho para reconhecer. Entre nessa corrente! Não deixe este assunto - e o criminoso - cairem no esquecimento!

.
Homenagem a Gilmar Yared Filho: Nesse momento de comoção da sociedade curitibana abalada com a morte de dois jovens num acidente trágico, causado pelo Deputado Ribas Carli Filho, vem pedir a união de todos os cidadãos em torno de uma causa comum: O FIM DA IMPUNIDADE NESTE PAÌS !
.
Iniciou-se uma campanha, esperando conseguir 1.000 (hum mil) assinaturas neste e-mail,para ser enviada à Assembléia Legislativa do Pr, que estará providenciando os procedimentos legais que serão adotados para analisar o pedido de cassação do mandato do deputado estadual Fernando Ribas Carli Filho (PSB).
O documento cobrando a perda de mandato por quebra de decoro parlamentar, foi protocolado ontem na Assembléia pelo advogado dafamília de Gilmar Yared Filho, morto no acidente envolvendo o deputado na madrugada da quinta-feira passada.
.
Estamos esperando conseguir 1.000 assinaturas neste e-mail e então passá-lo para o corregedor-geral da Assembléia Legislativa, Deputado Luiz Accorsi (PSDB), para o Ministério da Justiça e para o Presidente da República. É pouco aderir ao que solicitamos neste e-mail e seu pequeno gesto pode fazer uma grande diferença! Como um deputado dirige sem carteira de habilitação, após tê-la perdido devido ao número de multas, sendo que a maioria delas por alta velocidade? Isso mostra o deputado ter mantido conduta incompatível com o cargo. Vamos nos unir e mostrar que as mesmas pessoas que elegem um deputado também tem a consciência de discernir o que é melhor para a nossa sociedade. Não esqueça de adicionar o seu nome no final da lista ! Você pode fazer algo para mudar tanta impunidades.
.
Atenção*, se você for a 1000ª pessoa a assinar este e-mail, encaminhe-o para: governo@brasil.gov.br - Presidência denatran@mj.gov.br - Ministério da Justiça luizaccorsi@alep.pr.gov.br - Corregedor da Assembléia Legislativa do Paraná ------ Ende der weitergeleiteten Nachricht

....dizem até que a mãe de um dos garotos esta jurada de morte!!!!!
bom, vamos ver o que acontece....

14 comentários:

Ana disse...

Um dia, todos estarão sentados com suas bundas nas cadeiras, trabalhando pra Vaisesaberoquê, e neum uma revolução será capaz de fazer o homem lembrar do que ele era.

Feex Constantin disse...

...entao sera como na revolucao dos bichos!
até porque eu não quero viver como num admirável mundo novo.

Renato Ferreira disse...

Sérgio,
Se é verdade que uma mentira repetida mil vezes vira verdade, o que acontece se contarmos uma verdade um milhão de vezes? Será que ela se torna alguma coisa?
Outra coisa que se diz muito é que "as palavras tem poder".
Eis agora mais uma chance de experimentar o poder da palavra. Você as utiliza muito bem.
Será que o poder da palavra e a vertiginosa velocidade da informação na Internet pode provocar alguma justiça neste mundo feio?

Abraços,
Renato Ferreira

CajadOmatic disse...

Renato,

Será que a repetição da verdade tem que se tornar alguma coisa alem do que ela é ja em essencia, ou seja, verdade?

Acredito que no inicio era apenas o verbo e o verbo criou tudo. O verbo é o poder criador da idéia. Resta saber se a informatização da comunicação sustenta ou fragmenta o poder criativo da palavra que herdamos do Verbo Divino.

abração
Sergio

Renato Ferreira disse...

Sérgio,

É que no Brasil, e você sabe disso, uma verdade que pode incriminar um deputado, não tem força para puní-lo.
Com perdão pela heresia, em nossas CPIs, O VERBO vira "intriga da oposição" ou "manobra eleitoreira dos adversários".
É chato, deprimente, mas isso acontece aqui. O que fazer?
Para lutar contra isto acho que só nos resta a palavra...

Mais um abraço meu amigo

CajadOmatic disse...

Vc tem razao Renato, os interesses economicos, eleitoreiros e politicos falam sempre mais alto que a verdade, antes do Verbo, a Verba. (Nao so no Brasil, parece que é em todo lugar! O negocio é mesmo meter a boca no trombone!!
abraços

CajadOmatic disse...

Ola Fernanda,
O que mais tem é Napoleao e Bola de Neve, infelizmente os deltas (de maos atadas) ficam so olhando os alfas+ decidindo errado e fazendo caca.
Bjs

sueli aduan disse...

...esse desrespeito todo,.... a violência concreta é sempre precedida de uma violência simbólica:(processo de dominação da classe dominante,apoiada no exercício da "autoridade" e que impõe seu modo de vida,sabedora das impunidades.

CajadOmatic disse...

Nem me diga Sueli! olhe só, recebi uma corrente que promete resolver esta parada de uma vez por todas:

A Toda Sociedade Brasileira que puder ajudar...

Uma facção criminosa seqüestrou ontem em Brasília, todos os deputados da Câmara Legislativa do DF, e agora estão solicitando US$ 1.000.000,00 para sua libertação. Se não for cumprido em 24 horas, vão banhá-los com combustível e os queimarão vivos. Estamos organizando uma coleta e necessitamos da sua ajuda.

Veja o que conseguimos até agora:

580 litros de Gasolina Aditivada

320 litros de gasolina Premium

125 litros de diesel

175 de gasolina convencional

98 litros de Biodiesel

38 caixas de fósforos

21 isqueiros

7 lança chamas

108 sacos de carvão

Não mandem álcool, pois corre o
risco de o mesmo ser consumido pelos
deputados.

Aceita-se também botijão de gás.

Se você não repassar essa mensagem a todos os seus contatos, é porque não tem coração...Por favor ajude.

O BRASIL PRECISA DE VOCÊ!

Célia Garcia Ferper disse...

ah!! Sergio é tanta incoerência que cometem pessoas ligadas ao poder que é de chorar...eu quero mudar esse país pra melhor...senão seremos sempre uma província atrasada 500 anos no mundo, com tantas injustiças...Lindo o seu manifesto....

Feex Constantin disse...

Sérgio,o que você disse é verdade!
é o que está acontecendo no Brasil.

Será que existe um modo de mudarmos esta situação de verdade?

CajadOmatic disse...

Claro que podemos Fê, podemos não esquecer destas frutas que apodrecem as outras no cesto.

veja esta historia:

Dizem que o elefante tem uma memória privilegiada, jamais esquece.

Em 1986, Peter Davies estava de férias no Kenia depois de se graduar na Northwestern University.

Em uma caminhada, ele cruzou com um jovem elefante que estava com uma pata levantada. O elefante parecia muito estressado e Peter se aproximou muito cuidadosamente. Ele ficou de joelhos, examinou a pata do elefante e encontrou um grande pedaço de madeira enfiado. O mais cuidadosa e gentilmente possível, Peter removeu com a sua faca o pedaço de madeira e o elefante cuidadosamente colocou sua pata no chão.

O elefante virou para encarar o homem com grande curiosidade no seu rosto, o que fez por tensos e longos momentos. Peter ficou congelado pensando que seria pisoteado.

Depois de um certo tempo o elefante fez um barulho bem alto com sua tromba, virou e foi embora.

Peter nunca esqueceu o elefante e tudo o que aconteceu naquele dia.

20 anos depois, Peter estava passando pelo Zoológico de Chicago com seu filho adolescente. Quando eles se aproximaram da jaula dos elefantes, um deles se virou e caminhou para um local próximo onde Peter e seu filho Cameron estavam.

O grande elefante encarou Peter, levantou suas patas do chão e as baixou. Repetiu varias vezes, emitindo sons altos, enquanto encarava o homem.

Relembrando do encontro em 1986, Peter ficou pensando se aquele seria o mesmo elefante. Reuniu toda sua coragem, escalou a grade e entrou na jaula. Andou diretamente até o elefante e o encarou.

O elefante emitiu outro som alto, enrolou sua tromba no pescoço de Pete, jogou o no chão e o pisoteou até mata-lo.

Provavelmente não era o mesmo elefante.

bom, não tem nada a ver né? mas é engraçado mesmo assim hahahah, vc pensou que ia ter um final meloso, né? :o) That's life!

Feex Constantin disse...

Sé...
final meloso é o esperado... só estava esperando um final feliz...

mas isso mostra q a memória dos elefantes não tão boa assim!

CajadOmatic disse...

Acredito na memoria dos elefantes! Alias (nao elefoas) acredito até no talento artistico e sensciencia dos elefantes, ruim é que por nao falarem nao poderem expressar o que vai dentro do seus coracoes.