quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

São Paulo não pode parar? ... e pra onde vai?

São Paulo não pode parar, A cidade que mais cresce no mundo...Que vergonha! Quanta ignorancia! Pra que isso? pra ganhar o titulo de os maiores idiotas do planeta com pior qualidade de vida? Qual o beneficio de ser a maior? mais crime, mais transito? Quem são esses megalomaniacos desmiolados que inventam estes slogans? Que esnobismo barato!

Estava na hora de mudar o slogan para: São Paulo não pode crescer. Proibir construir mais predios que so enriquecem a industria da construção civil. Estava na hora de começar a desapropriar areas mortas e transforma-las em areas verdes para dar suporte a vida destes 20 milhões de cidadãos. Crescer é bom, mas com dignidade se me faz o favor!! Somos um bando de bichos amontoados uns sobre os outros ou somos um povo evoluido e consequente?

Chutemos a bunda de quem vem com este discurso de grandezas. O maior isso o melhor aquilo, que vaidade vã! Vivemos melhor que os habitantes de uma cidadezinha de 3.000 habitantes na França? Claro que não! Vivemos pior! Apesar de termos mais opções de compra e entretenimento temos muito menos qualidade nas opções, pois nao se encontra lugar para parar o carro nem se encontra ingressos para o cinema. O restaurantes estão entupidos assim como o metro e os onibus. Nos cobram para não sermos assaltados o que em si ja é uma forma de assalto. Filas para tudo, enormes, desumanas, cansativas, frustrantes.

Não nos vejo levando vantagem em tudo, vejo poucos oportunistas destruindo canalhamente o meio em que vivemos. Vejo hipocritas com carinha de orfão perguntando, mas eu não posso nem ganhar meu milhãozinho em paz? Não estou fazendo mal pra ninguem, o que foi, vc não gosta de dinheiro ou não consegue ganha-lo? E quando o ganham começam a pisar nos que estão a sua volta. Pois faz-se salamaleques para os novos ricos, pros seus carros e serviçais. Voce sabe com quem esta falando? diz qualquer mané (com a conta estufada por atravessar alguma porcaria em falta no mercado) com o dedo em riste pra algum funcionario alguns degraus abaixo. Transformam-se miseraveis em arrogantes detentores do poder. E eles ditarão nosso destino como sociedade. Consumindo suas bugingangas elitizadas e se postando como barões da mediocridade, votando nos que lhes trazem vantagens, impingindo seus valores insipidos e preconceituosos. Transformando nossa existencia num grande baile com bolo rosa, sapatos caramelo e discos da xuxa.


Acho que esta na hora de pararmos de crescer, a adolescencia ja acabou, esta na hora de começarmos a amadurecer como cidade adulta, de empregarmos nossos recursos para criar uma sociedade melhor onde todos possam se sentir seguros... e eventualmente felizes.

2 comentários:

Ana disse...

É exatamente o que eu penso. Mas parece que crescer, aqui, se tornou vício. Então está na hora de começar um rehab por aqui. bjs

Célia Garcia Ferper disse...

Sergio eu penso nisso todos os dias quando tento atravessar a cidade ou fazer qualquer coisa é uma maratona..tudo cheio, sufocante...Eu nasci aqui, digo que não se vive não se faz nada.....é tudo ilusão!!!
concordo com você precisamos melhorar a qualidade de vida....o que é pior, nos paulistanos perdemos a identidade aqui nesta cidade de loucos!
SOS São Paulo!!!
beijos